Contributos para a história do movimento operário sindical. Das raízes até 1977 (Vol. I)

Autores: Américo Nunes et al.
Editora: CGTP-IN e Instituto Bento de Jesus Caraça, 2011

A obra assinala o 40º aniversário da CGTP-IN, reunindo um conjunto de textos referentes à história desta Central Sindical. Inclui um prefácio de Manuel Carvalho da Silva, Secretário-Geral da CGTP-IN, um texto introdutório que aborda os antecedentes da Intersindical, de 1838 até 1970, da autoria do historiador Francisco Canais Rocha, sendo os restantes textos escritos por antigos dirigentes sindicais que exerceram funções no período da formação da Intersindical, até 1977, por altura do II Congresso.

Além dos autores citados, Daniel Cabrita, José Ernesto Cartaxo, Vítor Ranita, Américo Nunes, Kalidás Barreto e Emídio Martins, todos antigos dirigentes, fundadores e elementos com percursos de vida associados à história do sindicalismo e do movimento operário em Portugal, assinam capítulos do livro.

Trata-se de um primeiro volume, dividido em 4 partes, idealizado em estreita ligação com o programa de atividades subjacente ao projeto de preservaão, organização e valorização do acervo documental da CGTP-IN.

Da autoria de Francisco Canais Rocha, a primeira parte do livro faz uma abordagem sobre os antecedentes do movimento sindical, balizando o seu texto entre a primeira metade do século XIX (1838), época em que surgem as primeiras sociedades mutualistas, e 1970;

Daniel Cabrita, José Ernesto Cartaxo e Victor Ranita, analisam, na segunda parte, o período de formação da Intersindical, passando pela fase de semiclandestinidade até ao 25 de Abril. Os dois primeiros autores centram-se na formação da Intersindical, ao passo que o último se debruça sobre a fase da proibição da Intersindical à liberdade sindical;

A terceira parte é da autoria de Américo Nunes e desenvolve-se até 1977, contemplando a atuação da Intersindical no período revolucionário, bem como, no plano interno, os seus dois primeiros congressos, realizados em 1975 e 1977 e as questões da unidade/unicidade sindical;

A quarta e última parte reúne dois textos de Kalidás Barreto e Emídio Martins, apresentando-nos duas perspetivas, dois testemunhos, um socialista, outro católico, da sua experiência sindical nos primeiros sete anos de existência desta Central Sindical.

© copyright SNESup | Todos os direitos reservados

 
visitas