Regresso ao presencial

04/16/2021

Colega,

o regresso às aulas presenciais, desejado por docentes e alunos do Ensino Superior, vai ter lugar na próxima segunda-feira. Mas este é um regresso agridoce tendo em conta que não estão garantidas todas as condições de segurança para a saúde de todos nós.

Mais uma vez, o Governo decidiu desvalorizar e desrespeitar todos os docentes, não docentes e estudantes do Ensino Superior, ao decidir excluir da vacinação prioritária todo o setor. O mesmo não aconteceu no Básico e Secundário, estando já em marcha o processo de testagem e vacinação de todos os professores e pessoal não docente.

Esta é uma realidade que está a gerar uma forte revolta entre docentes e investigadores das universidades e politécnicos de todo o país.

Nas últimas semanas, o SNESup tem recorrido a todos os meios para tentar inverter a decisão do Governo e exigindo que o Superior seja incluído na vacinação prioritária. Mas a tutela de Manuel Heitor recusa rever a sua posição, continuando sem justificar a mesma com critérios claros e válidos.

Está agora nas mãos de todos nós recorrer à greve, convocada pelo SNESup por tempo indeterminado, sempre que consideremos que não estão reunidas as condições de segurança sanitária para realizar uma dada atividade letiva, protegendo-nos a nós mesmos e aos estudantes.

Exigimos mais respeito. O Superior não pode ficar para trás.

#éparacumprir

Saudações Académicas e Sindicais,
A Direção do SNESup
16 de abril de 2021

Share This