Colegas,

o novo ano letivo vai arrancar com o apelo para o regresso total ao ensino presencial, com o maior número de candidatos ao Ensino Superior dos últimos 25 anos, com um reforço histórico do número de vagas no concurso nacional e com o anúncio pelo Governo de abertura de novos cursos nos próximos anos.

São boas notícias que revelam valorização e investimento na formação académica em Portugal.

Mas não podemos deixar de assinalar com muita preocupação que todas estas mudanças não sejam acompanhadas por medidas do Governo para o reforço de recursos humanos e financeiros, de forma a acolhermos de forma mais eficaz e com maior qualidade de ensino um grupo de estudantes cada vez mais amplo e diverso.

Há muitos anos que alertamos para o elevado nível de precariedade e escassez de recursos materiais que se verificam entre os docentes e investigadores de tantas universidades e politécnicos em Portugal.

É urgente corrigir estas situações.

Outra das preocupações do SNESup passa pela falta de orientações no que toca a regras de segurança sanitária para o regresso ao ensino presencial e pela ausência de reconhecimento do ministro Manuel Heitor de todo o trabalho e empenho dos docentes e investigadores durante os últimos dois anos, quando o país conheceu uma nova realidade e novas rotinas para se adaptar a pandemia, à qual todo o Ensino Superior não foi alheio.

Apesar da proposta do SNESup sobre a avaliação de desempenho docente, até à data o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior não emitiu qualquer orientação sobre os resultados da avaliação relativa aos últimos dois anos.

Para o regresso total do ensino presencial é importante que nos próximos dias sejam clarificadas pelas autoridades de saúde as regras de segurança sanitária para a retoma das atividades nas universidades e politécnicos.

Só com regras claras se consegue proteger alunos, docentes, investigadores e funcionários das instituições e garantir a segurança daqueles que têm situações de saúde mais frágeis.

Votos de um bom ano letivo 2021-22!

#juntossomosmaisfortes
#éparacumprir

Saudações Académicas e Sindicais,
A Direção do SNESup
06 de setembro de 2021

Share This