Dia Internacional da Mulher

03/08/2024 | Comunicados, Destaque 2

Colegas,

Hoje celebra-se o Dia Internacional da Mulher, data instituída em 1975 pelas Nações Unidas. É fundamental lembrar as conquistas das mulheres ao longo das últimas décadas, entre as quais no Ensino Superior e Ciência e que nos orgulha, como o crescimento do número de diplomadas e doutoradas no Ensino Superior em Portugal.   

Há, no entanto, ainda um caminho a percorrer para atingirmos a igualdade de oportunidades entre homens e mulheres.  As disparidades de progressão profissionais e salariais entre os géneros são uma realidade que afeta também as carreiras das mulheres no Ensino Superior e Ciência.

De acordo com dados do perfil do docente 2022/2023 da DGEEC, 24% dos professores catedráticos do sistema de ensino universitário nacional são mulheres. No que diz respeito ao sistema de ensino politécnico são 28% as mulheres que chegam ao topo da carreira como professoras coordenadoras principais.    

Quando olhamos para cargos de chefia nas Instituições de Ensino Superior, os dados divulgados pelo Centro Interdisciplinar de Estudos de Género, do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa, no ano passado, dizem-nos que são ainda uma minoria. Em 2023/24, apenas cinco mulheres são reitoras das 16 universidades representadas no CRUP. O mesmo estudo indica, ainda, que “face ao contexto europeu, Portugal é o país onde se verifica a maior proporção de mulheres investigadoras a trabalhar com contratos “precários”, por comparação com os homens, e uma feminização comparativamente elevada dos/as investigadores/as associada a uma menor despesa per capita em I&D”.

É fundamental, para viver numa sociedade justa e próspera, combater hoje e sempre as desigualdades que ainda persistem entre homens e mulheres. O SNESup está empenhado em contribuir para a igualdade de género na academia e na sociedade portuguesa.

Saudações Académicas e Sindicais
A Direção do SNESup

8 de março de 2024

Share This