Participação e Democracia nas IES

Estão agora a decorrer, em várias instituições de ensino superior, processos eleitorais para os respectivos órgãos de governo. Mas uma parte significativa de investigadores não pode integrar listas de candidatos e participar nos orgãos por se encontrar contratualmente vinculada a instituições privadas sem fins lucrativos (IPSFL). Situação que está a acontecer nas universidades de Porto e Lisboa. Trata-se de uma grave limitação à democraticidade no Ensino Superior e Ciência.

Regresso Presencial e Vacinação na Madeira

Alguns docentes recorreram ao pré-aviso de greve emitido em Outubro último pelo SNESup e não lecionaram quando verificaram que não estavam reunidas condições mínimas de segurança sanitária. Não queremos mais do que exercer a docência nas melhores condições de segurança, para minimizar riscos de contágio e prevenir surtos.
Apesar da decisão do Governo e MCTES, na Universidade da Madeira já todos os profissionais foram vacinados esta semana. Trata-se de uma iniciativa muito positiva das autoridade regionais que evidencia a fragilidade dos argumentos mobilizados para nos excluir da vacinação prioritária, reconhecendo a importância da mesma para o funcionamento adequado das universidades e politécnicos em contexto pandémico.
Apelamos a que nos sejam comunicadas situações de risco e de contágio de que tenham conhecimento. É muito importante acompanharmos a evolução da situação nas próximas semanas.

Regresso ao presencial

o regresso às aulas presenciais, desejado por docentes e alunos do Ensino Superior, vai ter lugar na próxima segunda-feira. Mas este é um regresso agridoce tendo em conta que não estão garantidas todas as condições de segurança para a saúde de todos nós. Mais uma vez, o Governo decidiu desvalorizar e desrespeitar todos os docentes, não docentes e estudantes do Ensino Superior, ao decidir excluir da vacinação prioritária todo o setor. Está agora nas mãos de todos nós recorrer à greve, convocada pelo SNESup por tempo indeterminado, sempre que consideremos que não estão reunidas as condições de segurança sanitária para realizar uma dada atividade letiva, protegendo-nos a nós mesmos e aos estudantes.

Pedido de contributos – RAD Pessoal ICT – ICBAS

O SNESup recebeu o texto com o Projeto de Regulamento de avaliação de desempenho do pessoal de investigação, de ciência e de tecnologia do Instituto de Ciências Biomédicas de Abel Salazar (ICBAS) para audição sindical.

Avaliação de Desempenho e Pandemia

A pandemia que atravessamos trouxe profundas implicações ao trabalho dos docentes que, consequentemente, terão efeitos nos resultados da avaliação de desempenho. Mas os docentes não podem ser prejudicados num período em que tanto se empenharam, pessoal e profissionalmente, para encontrar as melhores soluções e manter os cursos a funcionar com os estudantes envolvidos em processos de ensino-aprendizagem. Por isso, o SNESup enviou hoje ao Conselho de Reitores (CRUP) e ao Conselho Coordenador dos Politécnicos (CCISP) uma proposta para que, nos resultados de avaliação de desempenho docente referentes a 2020, 2021 e 2022, nenhum colega fique com uma classificação final inferior à que lhe foi atribuída antes do início de pandemia.