Recortes de Imprensa

Presidente do SNESup: “Avaliações devem ser presenciais nem que tenham de ser recalendarizadas”

Mariana Alves Gaio diz ao Jornal Económico que o segundo semestre, que se inicia em fevereiro e março, dependendo da faculdade ou do politécnico, “deverá ser bem preparado” para evitar avanços e recuos futuros devido à pandemia. “O nosso alerta é no sentido de que não são só estas duas semanas, nem os exames que decorrem neste momento, é também a questão de pensar como vai ser o próximo semestre”, sublinha a presidente do SNESup, que defende que “as avaliações que estavam previstas para ser presenciais devem continuar presenciais, nem que tenham que ser recalendarizadas”.
Jornal Económico

read more

Associações de pais e professores aplaudem opção por “férias” escolares

No Ensino Superior, que se encontra em época de exames e avaliação, entre mudança de semestres, nem todas as universidades e politécnicos seguem a mesma opção. A presidente do Sindicato nacional do Ensino Superior, Mariana Gaio Alves, diz ao DN que a “tendência é continuar com aulas online” no segundo semestre alertando que em muitos cursos é imprescindível que as aulas sejam presenciais, por exemplo as laboratoriais.
Diário de Notícias

read more

Universidades à deriva

Presidente do Sindicato Nacional do Ensino Superior, Mariana Gaio Alves, admitiu ao Nascer do Sol que tem recebido denúncias de alunos no sentido de haver aglomerações nos dias dos exames, à porta das salas de aula. Adiantou, porém, que ainda nenhum professor alertou para isso.
Nascer do Sol

read more

É preciso começar a organizar 2.º semestre no ensino superior, diz Snesup

Mariana Gaio Alves defendeu, à Lusa, que com o anúncio das novas medidas face ao contexto pandémico é importante agora decidir se, por exemplo, será melhor para as aprendizagens adiar o início do segundo semestre. “Começar mais tarde e acabar mais tarde, por exemplo, para tirar melhor partido do ensino presencial”, referiu a presidente do SNESup.
Notícias ao Minuto/Lusa

read more
Share This